Katy Cardoso

A Tradicional E Conceituada Família Nery Esteve Visitando Jaguaquara

Dona Lígia Nery, que já foi 1ª Dama da cidade, esteve visitando Jaguaquara neste final de semana com seus filhos, neto, noras e genros, revivendo e recontando histórias vividas nesta terra maravilhosa. Estiveram passeando pelas ruas da cidade vendo o progresso e as mudanças, degustaram da culinária italiana que é famosa na região e aproveitaram também para saborear a culinária caipira do interior.

Passearam pelo bairro da Muritiba, pelo centro da cidade e fizeram cliques especiais em lugares marcantes. Inclusive, Joaquim, seu irmão Eduardo com sua esposa, fizeram uma foto de frente a casa que eles moraram, recordando assim muitas histórias vividas neste lugar.

Em seu site “Um Pouquinho de Cada Lugar”, Joaquim Nery fala do tempo que viveu aqui: “Nasci em Jequié, mas nunca me identifiquei muito com a cidade natal. Sempre tive Jaguaquara como a “minha” cidade. Fui morar em Jaguaquara em 1962, com 4 anos, aí passei parte da minha infância e sempre voltei na adolescência. Foi aí que aprendi a ler, escrever, fazer as primeiras traquinagens, conviver com pessoas. Foi aí que aprendi a namorar. Vivi em Jaguaquara de 1962 a 1969 e para lá voltei ininterruptamente de 1970 a 1982. Anos tensos de golpe militar, do surgimento da Jovem Guarda ao surgimento do Tropicalismo. Anos de Festivais, de Guerra do Vietnã, de movimento feminista, da pílula anticoncepcional, do movimento hippie, de protestos estudantis, de repressão, de grandes transformações no mundo. Era incrível como tudo isso mexia e fazia Jaguaquara fervilhar. Uma cidadezinha encravada no agreste, no sudoeste da Bahia, mas que estava absolutamente antenada com o mundo. Acho que Jaguaquara já era naquela época um símbolo de globalização, pois mesmo sem os modernos sistemas de comunicação que temos hoje. Lá em Jaguaquara sabíamos, vivíamos e participávamos de tudo.” clique para ver post completo

Verdade Joaquim, Jaguaquara está antenada até hoje com as transformações do mundo. Jaguaquara é uma cidade muito boa para se viver. Amo poder criar os meus filhos aqui.

Na oportunidade, ganhamos um livro autografado desse empresário, geógrafo, viajante e amante da fotografia. O livro “UM POUQUINHO DE CADA LUGAR” é fascinante! Merece um post especial. Irei fazer!

Assim, fica registrado essa visita ilustre a nossa terra. Fica aqui o carinho do povo jaguaquarense por dona Lígia e toda família Nery. Temos orgulho e ficamos felizes em saber que vocês nunca se esquecem da gente. Grande abraço e voltem sempre!

Comentários